Desenho universal: tendência em acessibilidade

No mundo todo se reconhece a importância de conceber ambientes de forma menos restritivas. O objetivo é entender que as pessoas são diferentes e o nosso próprio corpo passa por modificações ao longo da vida.

O planejamento de construções para atender a um público mais abrangente parte dos princípios de acessibilidade que privilegiam os usuários com maior dificuldade. Cadeirantes, idosos, deficientes visuais, obesos, por exemplo, estão entre eles. A partir do momento em que se atende a estas necessidades específicas, toda a população é beneficiada.

A deputada federal Mara Gabrilli e uma das principais defensoras da inclusão da pessoa com deficiência elaborou a cartilha Desenho Universal – um conceito para todos, na qual detalha conceitos e orienta a aplicação em diversos tipos de ambientes, incluindo residências.

One thought on “Desenho universal: tendência em acessibilidade

  1. Daniel Alexandre disse:

    Bom dia, meu nome é Daniel Alexandre, engenheiro civil e leitor da página “Soluções”.
    Gostaria de parabenizar a empresa por proporcionar em seu site inúmeras informações e conteúdos de extrema importância as leitores e interessados no assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *